Aula de etiqueta para os novos botões do Facebook | Crack com Lasanha

Aula de etiqueta para os novos botões do Facebook

Na categoria: Artigos ás 14:21

O Facebook lançou essa semana novas opções de curtir alguma postagem. Algumas pessoas gostaram e outras reclamaram(principalmente as que postam bobagem e estão tristes por agora ter uma carinha que demonstra raiva).

Mas decidimos dar uma aula de etiqueta de como utilizar essa nova função de uma maneira que você vai se sentir confortável para expressar o que sente através desses emoticons.

imagemm

AMEI:amei

A opção amei pode parecer muito simples para você que está pensando que ela deve ser usada quando você “amou” algo. Mas não! A opção amei ela deve ser utilizada em momentos que você deseja ser irônico com alguma situação. Exemplos:

– Uma foto que você foi marcado com pessoas que não queria estar;

– Uma foto de um lugar que você deixou bem claro que odiava(exemplo: almoço de família);

– Quando seu namorado posta uma foto com uma “amiga”;

Tenha em mente que na última opção, além você dar um “amei” na foto, você deverá comentar na foto alguma frase tipo “Que amizade linda!” ou “Essa aí que você falou que se veste bem? Você estava na casa dela? Porque essa roupa parece um pijama”. Não esqueça de adicionar o famoso “rsrs” depois da frase para demonstrar sua ironia e raiva controlada.

HAHA:haha

Você deve estar pensando: “É muito óbvio que vou utilizar essa opção para quando eu achar algo engraçado.” Mas não! Ninguém que realmente achou algo engraçado ri apenas com um “haha”. A opção “Haha” ela serve para você fingir que gostou de algo mas no fundo você simplesmente quer que a pessoa pare de encher seu saco. Ou seja, o “haha” é típica para usar no Facebook do seu tio que faz piadas de “pavê ou pacumê”. Toda vez que ele marcar você em algum vídeo sem graça ou postar uma piadinha citando você, apele pro “haha”. Ele vai ficar muito feliz e você ficará em paz.

UAU:uau

Acho que essa expressão já deixou de ser falada há um bom tempo. Ou seja, as únicas pessoas que podem utilizar essa opção são pedreiros ou pessoas que utilizam cantadas de pedreiros. Tenha em mente que logo após utilizar essa carinha, você nunca mais terá chance com a garota que você mandou um “Uau”, então utilize apenas com pessoas que você quer distância. Se você for um pedreiro, após mandar um “Uau” para a garota, lembre-se de mandar alguma cantada nos comentários tipo “Gata, seu pai é um pirata? Porque você é um tesouro”.

TRISTE:triste

O Facebook lançou o botão de triste para as pessoas que costumavam “curtir” uma tragédia que aconteceu com seu amigo. Por exemplo: “Meu vô morreu hoje pela manhã”, e a postagem tinha umas vinte “curtidas”. Mas esse botão não serve apenas para isso! O botão de “Triste” serve para você que costumava curtir o próprio post de tão forever alone que você era, mas agora você vai ficar “triste” pelo seu próprio nível de carência! Esse botão é pra quando você postar uma música com uma indireta para aquela garota(o) que você quer sair ou pra aquela garota que colocou você na Friendzone, que quase sempre é uma música da Adele. Então quando você postar, você pode “entristecer” seu próprio post.

GRR:grgrr

O último botão criado pelo tio Mark foi criado especialmente para todas as crianças que dependem de curtidas para sobreviver. O botão poderia ser muito bem utilizado para as piadas do seu tio no churrasco, mas não. Ele veio com a função de destruir todas as correntes que eram utilizadas no Orkut e que estão tentando implementar no Facebook. Utilize esse botão toda vez que você ver uma campanha para ajudar pessoas que dependem de curtidas para respirar, para todas as pessoas que fazem postagens do tipo “Curta se você faz isso, compartilhe se você ama isso” e para todas as postagens que sua ex postar com o novo namorado dela que é mais rico, mais bonito e provavelmente tem algumas partes do corpo maiores que a sua.

Espero que tenha gostado e boa sorte nesse mundo cheio de pixels inúteis!

Luca Mendes
comentários
Deixe um comentário
Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá!
Lembre-se que comentário é de inteira responsabilidade do autor.